Baixa

 

É o coração da cidade. É a principal zona comercial e bancária que se estende desde a beira do rio para a avenida principal (Avenida da Liberdade), com ruas com nomes de acordo com os comerciantes e artesãos que comercializavam na área antigamente.

 

A Praça do Rossio, foi completamente reconstruída após o terramoto de 1755, com ruas ladeadas uniformemente com edifícios neoclássicos. Este foi primeiro exemplo da Europa de um grande projeto neoclássico e de planeamento urbano, e uma das melhores  realizações arquitectónicas da época.

Continua a ser um bairro imponente, com praças elegantes, ruas pedonais, cafés e lojas. Velhos eléctricos, artistas de rua, Art Deco, pastelarias elaboradamente decoradas e vendedores ambulantes que vendem de tudo, desde flores a souvenirs, todos emprestam um encanto especial à zona.

Ver tudo a partir de uma mesa do Café Nicola, no Rossio, Praça em frente ao monumental Teatro Nacional e do Castelo de São Jorge ou, passear pela zona pedonal da Rua Augusta, passado o arco triunfal e na majestosa Praça de Comércio, são muitas das coisas que se podem fazer nesta zona.

 Os passeantes que se encontram na Baixa têm uma vista esplêndida para o Rio Tejo, e aqueles que quiserem passear de barco pelo Rio, podem contemplar a beleza da Baixa e ter uma sensação de uma cidade harmoniosa e equilibrada.

 

 

Aviso de direitos autoriais - Este website é propriedade de SitioSolido.com e o seu conteúdo é da responsabilidade de Eolisboa - ©2018. Todos os Direitos Reservados.